Tuesday, April 12, 2005

Café Luanda

Enquanto os “grandes” bebiam bicas, fumavam e conviviam entre si, eu ficava muitas vezes a contemplar uma enorme fotografia a preto e branco da baía de Luanda no café do mesmo nome.

O café ainda existe mas a fotografia não.

Mas no meu imaginário de criança, aquela fotografia era a mais bonita que jamais vi. Daí a achar que tinha que ir ver Luanda foi um passo.
Que ainda não dei.
Eu ainda não vi a baía de Luanda!

10 Flocos de neve

Blogger t-shelf atirou uma bola de neve ...

oh prima eu também não.. e nasci lá. Tenho sempre a sensação de que não vale a pena, que deve estar tudo destruído, blá , blá, blá... mas o certo é que Áfria deve ser inigualável. A minha mãe está sempre a falar-me de como adorava o cheiro que pairava no ar quando chovia.

12:08 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Quem sabe ainda nos encontramos lá!
;-)

12:16 pm  
Blogger Laura Lara atirou uma bola de neve ...

É linda a baía de Luanda. Esta opinião reporta-se ao ano de 1971, se não estou em erro. Também nunca esquecerei a beleza, o silêncio, a vastidão (só para nós - qundo se vslumbrava alguém, já tínhamos a sensação de aglomerado de pessoas a macular a areia) da inigualável ilha do Mussulo.

Que triste ideia terem substituído a fotografia do Café Luanda por uns azulejos de gosto tão duvidoso!

12:28 pm  
Anonymous Anonymous atirou uma bola de neve ...

Já somos duas...e é bem bonita a baía de onde vieram Amigos! _ um beijo, IO.

6:06 pm  
Blogger espumante atirou uma bola de neve ...

Vou com alguma regularidade a Luanda. Continua muito bonita, muito suja e muito confusa. É a antítese de Maputo, cidade arrumada, mais limpa e mais geométrica. Já vivi em ambas as cidades e não consigo furtar-me a uma clara ambivalência. Luanda é mais "portuguesa", muito mais antiga e mais animada. Maputo é mais "cosy", mais snob e mais vaidosa. Luanda tem mulembeiras e quase não chove, Maputo tem acácias, jacarandás e chove muito e há trovoadas deslumbtrantes.Em Maputo toma-se chá no Polana e em Luanda come-se lagosta nos restaurantes da ilha servidas por mulheres sempre a rir... Maputo é um carro lavado na garagem e Luanda um carro acabado de chegar de uma longa viagem, cheio de migalhas de bolo e papéis de caramelos... isto são pequenos apontamentos de um ponto de vista de um expatriado, claro. As cidades "profundas" são diferentes, mas até essas divergem na forma e na alma, do "caniço" de Maputo, ao "barro" da senzala camundonga. Enfim... havia tanto para dizer que o melhor mesmo é lá ires. Pode ser que um dia me abalance a fazer um post no estilo deste comentário.:))
Beijinhos

11:18 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Espumante
Espero que não te importes do honesto sentimento de inveja que nutro neste momento!
Mais roídinha do que eu estou não deve ser possível.
;-)

3:24 pm  
Blogger Marco atirou uma bola de neve ...

Café Luanda?
Estamos a falar do cruzamento da Av. de Roma com a Av. dos EUA em Lisboa?
Outro assunto:
Não sei quantas Pituchas existiam nos Olivais, mas a minha irmã tinha uma amiga com o mesmo nome.

3:15 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Marco

Estamos a falar desse café Luanda.
E presumo que haja muitas Pituchas e se calhar até conheço a tua irmã (este mundo é tão pequeno!).
Acho que vamos ter que pensar num encontro "live" dos bloguistas dos Olivais para pôr as caras em dia.
Um beijo
:-)

4:19 pm  
Blogger Ideafix atirou uma bola de neve ...

Também eu sou de Luanda, mas também de Lourenço Marques e Moçamedes das Welwitschias.

2:40 am  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Olá Ideafix
Obrigada pela visita.
O teu blogue já esta nos meus favoritos.
Beijos

9:54 am  

Post a Comment

<< De volta ao cinzento