Tuesday, November 15, 2005

Linguagem

Irrita-me esta mania que têm os nossos entrevistadores de chamaram "senhor" aos entrevistados. Será influência europeia que não usa títulos académicos? Será mesmo parvoíce minha? Se calhar é só falta de hábito; mas antes não se dizia "o senhor acha" mas sim "senhor dr./eng./arq. (whatever) acha", não era?

24 Flocos de neve

Blogger Carlota atirou uma bola de neve ...

Agora fizeste lembrar-me de uma senhora de cabelos brancos que morava no mesmo prédio dos meus Tios, a casa de quem eu ia frequentemente buscar emprestados velhos livros do Tio Patinhas, pertença do seu filho então já casado e a morar noutro sítio.
Um dia tratei-a por "você" e ela virou-se para mim com um ar muito austero e disse-me: "Você, não! Senhora Dona Adélia!".
Já foi há mais de 25 anos, mas nunca mais me esqueci...

9:58 am  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Educação é uma coisaa muito bonita!
Beijos e bom dia apesar da chuva gelada.

11:00 am  
Blogger NoKas atirou uma bola de neve ...

Os títulos são coisas complicadas... segundo o meu ponto de vista. Acho que ninguém deve ser tratado por engº ou Dr., pois nem sempre me parece adeuqado. É como colocar pessoas dentro de categorias. E ainda por cima porque em Portugal o título de "Dr." é usado para licenciados (de modo geral) e não somente para doutorados (ou casos particulares como médicos e advogados, tal como eu acho que deveria ser). Eu não me importo de ser tratada por Senhora Licenciada (coisa que ninguém chama a ninguém e não percebo porquê, já que se usam outros graus académicos como "categorias" sociais), mas detesto que me chamem "doutora" Ana (e mais ainda engenheira, que é coisa que não sou, mas que os técnicos das empresas de material de laboratório insistiam em dizer). Talvez isto seja só uma embirração minha... No entanto, prefiro que me chamem só senhora (embora a palavra senhora seja muito "senhoril" para mim), do que "senhora-qualquer-coisa".

1:31 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Minha querida Nokas. Em teoria acho que tens razão! Na prática não dá dados os usos e costumes adquiridos.
Imagina o que é chamar ao nosso primeiro Sr. Sócrates!
Caríssima licenciada, sê feliz, não obstante o frio, a chuva e as minhas manias académicas...

1:54 pm  
Blogger Madalena atirou uma bola de neve ...

Olha Pitucha, a Sra Lurdes é tão austera que devia ser só a Lurdes para poupar no nome... O Zé, o tal que é primeiro, também. devíamos cortar-lhes as mordomias todas que é para ver se eles também gostam.
Maus, maus, maus!!!!!
Mil beijinhos para ti Exma Sra Dra Dona Pitucha!!!!!!

2:08 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Ena Madalena, eu sou isso tudo?!
Quanto ao resto, absolutamente de acordo. E acrescento pá pró primeiro e pázinha prá Lurdes. A ver se gostam.
Sem mais me subscrevo, de V. Exa atentamente, etc, etc, etc.

2:24 pm  
Blogger Xana atirou uma bola de neve ...

Ui, este assunto dá pano para mangas! Quanto trabalhei numa empresa de marketing directo, as regras eram:

1.Homens:
a) com título:
Exmo. Sr. [título] [nome+apelido]
b) sem título
Exmo. Sr. [nome+apelido]
2.Mulheres:
a) com título:
Exma. Srª. [título] [nome+apelido]
b) sem título
Exma. Srª. D. [nome+apelido]

Mais tarde, foi dada sentença de morte ao D. porque as visadas não gostavam.

Agora aquilo que eu sei é que “você” para mim é como se não existisse; quanto ao resto apetece-me dizer: doutores há muitos e Senhores há poucos!!!

2:44 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Xana
Tá tudo dito!
Beijos

3:17 pm  
Blogger Carla Motah atirou uma bola de neve ...

A mim o que irrita solenemente é o uso do você. "Você sabe dizer-me..." em vez de "A senhora, ou a menina (preferível) sabe dizer-me..." O "Você" irrita-me, simplesmente. Concordo contigo no exemplo da televisão, embora há muitos que discordem.

3:46 pm  
Blogger Carla Motah atirou uma bola de neve ...

Ups, "haja" e não "há". Isto de escrever à pressa...

3:47 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Concordo em absoluto, Carla!
Beijos

3:47 pm  
Blogger t-shelf atirou uma bola de neve ...

Pois eu cá sou muito europeia e estou farta fartinha de gente empoleirada nos títulos de pseudo intelectualite balofa. Sempre me irritaram aquelas pessoas que insistem em ter nos cheques Dr. Fulano tal quando são apenas licenciados como tantos outros milhões de indivíduos. Tenho um Major ou sargento ou lá o que é no meu pr´sdio que toda a gente insiste em tratar por esse título nas reuniões de condóminos e dá-me cá uma azia...Que eu saiba nao somos obrigados a saber que título tema profissão dele. Para além do mais se algum dia ele estrebuchar ao meu tratamento por sr.fulano tal posso sempre responder-lhe que se ele é major/sargento whatever "Eu sou Mestre fulana de tal se faz favor"
Tenho dito. Eu e o meu mau feitio! ;)

3:54 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Oh primita Mestre (com vénia), eu concordo com o que dizes em matéria de cheques e cartões de visita! Agora, ou bem que mudámos de registo (para algo mais europeu onde não há títulos) ou temos regras sociais a respeitar. Em França, por exemplo, não obstante não haver títulos, um entrevistador na TV não chamaria M. Chirac ao homem mas sim M. le Président. Ou seja, mesmo sem títulos, o nosso primeiro deveria ser Sr. Primeiro-ministro e não o "senhor" (e muito menos o Sr. Sócrates).
Mas claro, isto sou eu a achar!
Sem mais me despeço, Mestre querida (mesmo a minha Mestre favorita).
Beijos

4:03 pm  
Blogger Marco atirou uma bola de neve ...

Isto lembra-se sempre o Vasco Santana com as tias no Jardim Zoológico a falar para o tratador:
- Sou ou não sou doutor?
- Sim sr. Doutor...
- Diga mais alto, homem!
- SIM, SR DOUTOR!!!

4:26 pm  
Blogger espumante atirou uma bola de neve ...

Um par de achegas, apenas...
Quanto a cheques e "Visa" nem sempre a culpa é do cliente. "Eles" lá vêem na ficha e espetam com um eng ou Dr no Visa e no cheque. Quanto ao mais, parece que há por aqui uma grande confusão. É evidente que um presidente ou primeiro ministro deve ser tratado pelo título do cargo que ocupa, Ms le Président, Mr President, Mr prime minister. Agora... o nosso presidente ser o "Dr" Jorge sampaio e o primeiro ministro ser o "engenheiro Sócrates" é que me parece pífio. Mas isto digo eu, que nem primeiro ministro sou.
Beijinhos aos contendores (ia saindo contentores...) :)) e não se zanguem

Ass:
Espumante
ex-passageiro da TAP

4:52 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Marco
Bem lembrado.
;-)

4:52 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Uf Sr. Espumante, até parece que o meu post é sério! O melhor é achar que tens razão e ficarmos por aqui.
Ass:
Eu!

5:36 pm  
Blogger NoKas atirou uma bola de neve ...

Caros Dr.s e Engºs e afins! este post deu que falar! Que giro!!!! :) Boa noite Pitucha (que já é noite e deve estar um frio de rachar e tenho que ir encolhida para casa, também perdida dentro do casaco, cachecol, luvas... brrrrr e debaixo do guarda-chuva! Como me disse hoje uma belguita: "Eu sou belga, isto é chuva mas eu não preciso de galochas"!)

5:52 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Dr. Nokas
Como eu sou uma burguesa sem correcção vou meter-me no carro. Isto não está tempo para uma santa criatura se fazer ao caminho, a pé!
Beijos e take care!

5:58 pm  
Blogger Laura Lara atirou uma bola de neve ...

V.M. Pituxa
Com tanto comentário, só me resta perguntar: Vossa Mercê não é mesmo catita?
Beijinhos

7:19 pm  
Blogger Formiga Rabiga atirou uma bola de neve ...

Pois eu sugiro um referendo! Este assunto tem de ser tratado com cautelas e sensatez, não vai lá sem referendo.
Beijinhos

9:49 pm  
Blogger MCM atirou uma bola de neve ...

Apoiada, Formiga! Tem de haver referendo, o assunto assim o exige!

10:28 pm  
Blogger t-shelf atirou uma bola de neve ...

Pois afinal estamos de acordo primita. Também me parece desapropriado tratar altas instâncias do país por sr. O PM tem de ser sr. Primeiro ministro e não dr. ... porque é na qualidade do cargo que ocupa que ele comparece às entrevistas. Agora o sr.engenheiro e o sr. major não das entrevistas mas do comum dos portugas que gosta de vénias custa-me ouvir sem me lembrar de um trocadilho que um prof meu da faculdade costumava fazer dizendo que quando alguém se lhe apresentava por engenheiro fulano tal ele (por sinal britânico de gema)devolvia a pergunta: engenheiro é apelido ou nome próprio?
A formiga tem razão. Referendo já! de preferência com duas alternativas daquelas longíssimas que dissuadem qualquer um de votar ou sequer perceber de que se trata ;)

10:33 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Laura
É que não sei mesmo!

Formiga, MCM, Ti
Far-se-á o tal de referendo. Vou já começara a tratar das perguntas, assunto delicado, porque é preciso não deixar pormenor nenhum de fora, mas é também necessário que as perguntas sejam claras e que permitam que as pessoas compreendam sem dúvidas nem hesitações o que está em causa e possam responder sem equívocos para que possamos, em seguida, concluir, sem margem de erro, aquilo que de facto pensam e exprimiram os consultados.
Não acham?

8:29 am  

Post a Comment

<< De volta ao cinzento