Friday, November 04, 2005

Pasta

Nunca pensei que fosse tão complicado cozinhar massas italianas!
Pensavam que era só pôr a água a ferver e deitar a massa lá para dentro, não? Pois pensavam mal. Ele há toda uma técnica, no antes, no durante e no depois, técnica que nós, os não italianos não dominamos, nem nunca dominaremos. Atentem no pormenor: nunca dominaremos!
O mais complicado é contudo saber quando se usa o queijo ralado. Se respondem “sempre”, ou mesmo um tímido “quando me apetece”, saibam que estão a assinar o vosso atestado de bárbaros sem socorro. As regras de “como usar o queijo por cima da massa” são pesadas, complicadas, retorcidas: tudo para separar os que sabem (vulgo i italiani) dos que não sabem (vulgo, todos os outros).
O mais prático mesmo é convidar uma amiga italiana para fazer o jantar: a mim disse-me “põe a água a ferver, com sal, às 20h10 e não faças mais nada!” Depois zangou-se quando chegou a casa e a panela estava sem tampa.
Da próxima vez terá que precisar que a água tem que ferver 20 minutos, com sal e com tampa… Eu lá sou italiana para nascer informada destes detalhes?!

22 Flocos de neve

Blogger NoKas atirou uma bola de neve ...

Preceito na cozinha italiana.... é como fazer bolos, e cumprir todas aquelas regras que não lembram a ninguém para a massa não talhar e para o bolo no forno crescer em vez de baixar! e olha que é verdade, resulta mesmo. Experiemnta bater com a colher na borda da taça de bater bolos a ver se ele não começa a talhar! Ou mexer numa direcção e depois noutra.... Eu até podia divagar e entrar na parte química da coisa! Mas acho que o que há a fazer é mesmo convidar quem sabe: ou uma amiga italiana para fazer "pasta" ou alguém habilidoso nos doces (como um amigo meu, que é cozinheiro e faz os bolos todos a olho, não usa medidas... mas depois saem mesmo MUITOOOOO bons).

10:01 am  
Blogger lilla mig atirou uma bola de neve ...

Adoro massa! E já caí na asneira de tentar cozinhá-la para um italiano; jurei para nunca mais! :)

10:21 am  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Nokas
Mas isso são pessoas dotadas! Não são seres normalzinhos que nem eu!
Beijos

11:24 am  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Lilla
É a posição mais sensata dada a dificuldade da cosinha italiana.
Beijos

11:24 am  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Lilla
Oops, eu queria dizer cozinha, como é óbvio. Os dedos andaram mais depressa do que o cérebro...

11:25 am  
Blogger Laura Lara atirou uma bola de neve ...

De facto, só mesmo para italianos!
Beijos

11:29 am  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

É verdade Laura. Aquilo é para quem nasceu e foi criado no meio de massas...
Beijos

12:22 pm  
Blogger amie atirou uma bola de neve ...

opah, quero vê-los a fazer uma boa bacalhauzada, isso sim!agora água, vinte minutos, queijo ralado..preciosismos!ihihihih brincadeirinha
bom fim de semana!bj

1:13 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Pois também tens razão Amie! Nao tendo nada melhor, uma pessoa preocupa-se com a água...
Beijos

1:33 pm  
Blogger t-shelf atirou uma bola de neve ...

Pois, pois por isso é que pululam restaurantes italianos por todo o mundo, porque nunca ninguém para além deles dominaria a técnica científica de fazer pasta. Pois, pois!

11:39 pm  
Blogger Formiga Rabiga atirou uma bola de neve ...

É sempre bom saber novas receitas, mas olha lá, para além da água a ferver com sal e a tampa na panela 20 minutos, o que se faz mais? Tu não me digas que é só isso e a pasta fica deliciosa?!

12:26 am  
Blogger Madalena atirou uma bola de neve ...

Já foi dito tanto que me resta a mim dizer que eu é mais arroz de...
Os meus sobrinhos costumavam reconhecer o arroz feito por mim e eu ficava toda babada. Mas nos tempos que correm eu é mais esfregonas e balde. Mil beijinhos querida Pitucha e não te esqueças de contar o resto, que a parte dos 20 m de água a ferver com tampa já apontei no meu livrinho de culinária.

10:56 am  
Blogger Carla Motah atirou uma bola de neve ...

E eu que adooooro massas de todos os tipos. Provavelmente até agora tenho andado a assassinar a gastronomia italiana, verdade? Mas , olha que aprendi algumas coisas com um livro que li no Verão para distrair a mente. "Receitas de Amor" de Anthony Capella é uma espécie de Cyrano de Bergerac mas, em vez de cartas com poemas lindos, a menina vai sendo presenteada com receitas do país em forma de bota elaboradas por um chef à altura(com todos os equívocos à mistura). Lembrei-me, por falar em comida italiana. Bjs

11:26 am  
Blogger Laura Lara atirou uma bola de neve ...

Volto porque tenho estado a pensar: os 20 minutos, com sal e tampa serão para lavar bem o recipiente, antes de começar a função propriamente dita?

1:05 pm  
Blogger Formiga Rabiga atirou uma bola de neve ...

Laura, eu perguntei exactamente o mesmo. É que se for apenas a água e o sal a ferver com tampa 20 minutos, cá em casa, a ementa do jantar TODOS os dias vai ser pasta.
Aguardo em ânsias a resposta da Pitucha ou então, se calhar, vou experimentar a receita já hoje : )

1:09 pm  
Blogger NoKas atirou uma bola de neve ...

mas os 20 minutos contam-se a partir do momento em que se acende o lume ou desde que começa a ferver? nao faz sentido desde que está a ferver.... e o sal adiciona-se qdo está a ferver n'é? é que antes atrasa a temperatura de ebuliçao da agua e demora mais a começar a ferver.... a tampa compreendo, é para evitar a evaporação! devias ter posto a tampa! :) ai ai ai!

2:01 pm  
Blogger MCM atirou uma bola de neve ...

Olha Pitucha, esses segredos da preparaçao da massa e ebulição não sei..posso-te é dozer que cheguei agora de Itália e que as massas são realmente boas. Agora se cozem ou não com tampa...isso não sei.

3:42 pm  
Blogger Inês atirou uma bola de neve ...

Adorei o post, achei muito divertido. Esses pormenores italianos são realmente espantosos e fazem a diferença!
Beijinhos**** ;)

11:00 pm  
Blogger Cristina atirou uma bola de neve ...

lol....muito engraçado...
:)
para a próxima já sei, 20 minutos a ferver com sal e tampa! também desconhecia...coloca um pouco de óleo para nao se pegar
:)
beijinhuu

5:52 pm  
Blogger Luna atirou uma bola de neve ...

Isso é tudo relativo e depende de italiano para italiano - que além de pasta são os únicos no mundo que sabem fazer café de cafeteira.

Ora, eu posso quase dizer que sou uma expert em massas depois de ter passado 5 mesitos em itália e comido pasta todo o santo dia. E instruída pelo rei da cozinha, um italiano cheio de truques.

Mete-se a tampa pois a água aquece mais depressa por um lado e atinge temperaturas mais altas por outro - o que permite uma cozedura mais rápida e a pasta al dente (que para nós é um pouco crua demais). Mas por exemplo o meu amigo italiano só punha sal no momento imediatamente antes de meter a massa.

Depois há ainda a mistura de queijos, ou acham que lá usam só o parmesão como nós? Não, há 459 marcas com misturas diferentes de queijo ralado, uma complicação.

Depois hei de falar dos truques do café...

Bjinhos

8:14 pm  
Blogger Dilbert atirou uma bola de neve ...

Não há nada que seja só pôr no microondas ?
É que eu de cozinha :S
Beijokinhas miguinha e boa semana de trabalho

2:00 am  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Ti
Nem mais. Restaurantes italianos e ninguém fica com remorsos por não saber fazer massas!

Formiga
Isto é só o princípio. Ele há que pôr azeite (um fio, só um fio...e nunca óleo), ele há que a deixar al dente (que para nós é crua como diz a Luna e muito bem) ele...olha o melhor mesmo é ires a um restaurante italiano, segundo receita da Ti.

Madalena
E parece que fazer um bom arroz é de deixar os olhos em bico!

Carla
Não conheço esse livro. Vou procurá-lo.

Laura
Acho que não é preciso! Bichinho que resista a tanta técnica (inda por cima sem poder fugir porque a tampa está posta), merece viver.

Nokas
Perguntas difíceis? Logo pela manhã? Nãã.

MCM
Também se não fossem boas em Itália, com os séculos de experiência que têm...

Inês
Começa a treinar. Isto de fazer massas tem mmuito de berço e muito de treino, acho eu!

Nita
Óleo nunca! Azeite é que é!

Luna
Contigo não me meto! Mas convido-te para uma massa quando passares por Bruxelas. E convido também a minha amiga italiana.

Dilbert
Tu és cá dos meus. Foi a melhor invenção do mundo, o microondas.

Beijos a todos

8:35 am  

Post a Comment

<< De volta ao cinzento