Monday, March 17, 2008

Ora então explica lá

A Carlota quer saber o porquê do meu blogue!

Posso dizer: porque assim o quis. E, no fundo, essa é a mais pura das verdades. Assim o quis e assim o quero porque a enorme vantagem do meu blogue é que é um hobby, um entre demais, que faço porque quero, quando quero e enquanto quiser.

Mas isto não é uma verdadeira razão: porquê este hobby e não qualquer outro, como coleccionar borboletas ou decorar as letras das canções do Jacques Brel?

Posso dizer igualmente: porque gosto de escrever. Já aqui o disse aliás.

Convenhamos que também esta não é uma verdadeira razão. Não são necessários blogues para escrever. Um qualquer caderno de folhas pautadas serve muito bem. Ou um documento Word, se quisermos dar um ar de modernidade.

No fundo foi a curiosidade que me levou a esta realidade. Nada de muito original! Porque é a curiosidade que faz rodar o mundo. Acho que sim. Se não fosse pela curiosidade, não teria clicado no blogue de um amigo para ver a nova coqueluche da Internet, que unia gente conhecida e muitos desconhecidos na necessidade comum de emitir opiniões.

De página bloguistica em página bloguistica, fui saltitando por esta esfera virtual durante alguns meses, leitora furtiva, bebedora de palavras alheias sem deixar nada em troca.

A admiração, o espanto, por vezes a indignação, levaram-me a comentar com amigos reais esta realidade irreal.

Até que me apeteceu.

Apeteceu-me deixar de ser silenciosa espectadora.

Percebi que a enorme esfera tinha um espacinho para mim, para os meus desabafos de alma, para os meus sorrisos em letras.

Percebi que era uma forma de partilhar, de descobrir, de conhecer, de me espantar, de me revoltar, de me alegrar.

Tudo numa língua que é, como diria o poeta, a minha pátria e na qual me divirto a teclar, dia após dia, post após post.

A quem passo esta corrente? Não sei! Gostaria de a passar, em negativo, a bloggers que suspenderam os seus blogues e que me deixaram com fome dos seus posts. Mas não creio que seja decente fazê-lo. Pararam porque sim, porque quiseram, porque não puderam continuar...

6 Flocos de neve

Blogger Sinapse atirou uma bola de neve ...

... espero que continue a apetecer-te, durante muito tempo! porque sim, porque gosto!
:))

2:22 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Sinapse
Obrigada.
Beijos

5:48 pm  
Blogger LB atirou uma bola de neve ...

E ainda bem! Espero que esse apetite não esmoreça...

(é problema meu ou desapareceram as bolinhas saltitonas?)

Beijinho

6:44 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

LB
Aqui as bolinhas continuam vivas!
Beijos

1:01 pm  
Blogger Carlota atirou uma bola de neve ...

Directamente da terra dos ovos da Páscoa, aqui vai o meu agradecimento por teres dado conta do desafio!

5:25 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Carlota
De nada, de nada.
Beijos

9:08 am  

Post a Comment

<< De volta ao cinzento