Friday, April 11, 2008

Sem acordos ortográficos

Admito.

Gosto do brasileiro, o sol feito língua, assim nos aquecendo, provocando um sorriso, inventando um galopar de imagens na nossa mente (tou nem vendo, só imaginando mesmo, né?).

Gosto da língua tropicalmente se enriquecendo por essa África fora, desconseguindo de me baralhar, só me espantando a cada instante de invenção, de criação. Fazer mesmo mais o quê?

Gosto do nosso português de séculos, evoluindo suavemente como fado melodioso, agarrando-se com força de raízes histórias às letras mudas, que espelham a minha formação, feita de histórias e de actos.

Gosto dessa diversidade de me sentir em casa nesses cantos do mundo que nós arredondámos. De descobrir o que é o "tico-tico no fubá", de não criar "makas", de beber sumo de cana-de-açúcar.

Gosto também de me espantar com o "Bom dia" do papiamento de Aruba, Bonnaire e Curaçao, de me entusiasmar com o Arigato japonês, de me emocionar com o Kristang de Malaca (e com o peixe à portuguesa, delicadamente pousado numa folha de bananeira, no Restaurante Lisboa).

Gosto de me procurar nos vestígios de Mombaça, Maurícias, Seychelles onde as memórias dos portugueses são mais longas que os feitos do Cristiano Ronaldo.

Gosto da língua portuguesa, minha pátria, língua viva feita vento, feita aventura, flexibilizando-se para abarcar o mundo, para que este caiba nela, assim se reforçando e crescendo, favorecendo afectos e aproximações.

A minha língua portuguesa, a tua língua portuguesa e a tua, e a deles e a desses tantos outros que nela se expressam e se acordam. Hoje mesmo. Sem acordos ortográficos.

21 Flocos de neve

Blogger Carlota atirou uma bola de neve ...

Estou contigo.

A propósito, belo post!

E bom fim-de-semana!

11:39 am  
Blogger MRP atirou uma bola de neve ...

muito bom!

é de facto infinitamente mais interessante deixarmo-nos embalar pelo conteúdo do que ficarmos obcecadamente concentrados na forma.

mas naqueles momentos menos lúcidos em que me ponho a ouvir os outros fico mais inclinado para o lado dos argumentos a favor da formalização de um acordo! sou especialmente sensível àquela cena em que não havendo acordo passaria a considerar-se, no âmbito internacional, dois tipos de Português diferentes.

12:02 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Carlota

Bom fim-de-semana para ti também.

MRP
Como o british english e o american english? Não me parece grave! De qualquer modo, a pergunta que esse argumento me suscita é: e depois do acordo? Vão as línguas ficar quietinhas pedindo licença para evoluir e fazendo-o em conjunto? Ou estaremos na mesma mais década, menos década?
Beijos

12:17 pm  
Blogger Carlota atirou uma bola de neve ...

Desculpa lá a invasão, mas tenho de recomendar ao MRP que, nos próximos momentos menos lúcidos, ouça antes o que dizem, por exemplo, o Vasco Graça Moura ou o Miguel Sousa Tavares. Eu sei que qualquer um deles não é linguísta, mas, no que a mim respeita, percebo (e concordo) mais facilmente com os argumentos que aqueles dois apresentam do que com os argumentos dos especialistas (mesmo dos que são contra o acordo ortográfico), cuja maioria, a bem dizer, me escapa. :)

2:35 pm  
Blogger MRP atirou uma bola de neve ...

nao confio em tipos com nomes que dao acrónimos de tres letras!

3:11 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Carlota
Estás desculpada.
Beijos

MRP
Com muita razão, diria eu!
Beijos

3:16 pm  
Blogger Carlota atirou uma bola de neve ...

(Desculpa lá outra vez, ó Pitucha)
Tipo Margarida Rebelo Pinto?

3:32 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Carlota
Eu como sou mecita pacata e dado que é sexta (pela graça de Deus) vou desculpando.
Beijos

3:34 pm  
Blogger Skyman atirou uma bola de neve ...

A discussão está quente por aqui!
Continuo a pensar que este acordo servirá apenas para três coisas. A primeira, para mais uma vez se perder uma das nossas identidades nacionais,( que por acaso já não são muitas); a segunda, para desculpar os erros dos pobres idiotas para quem é difícil escrever e falar o Português; para acabar, mais uma vez é uma excelente forma de alguém ficar ligado com o seu nome, a um marco da história!
Disse eu três? Estou a lembrar-me de mais umas, mas vou ficar por aqui!
Mas mais importante que tudo, grande post, excelente peça literária. Tu sim, continuas a mostrar o porquê de não precisarmos destes acordos para nada.
Bjo

5:10 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Skyman
São mais argumentos contra o acordo. Eu nem entendo a discussão: acho o acordo irrelevante e votado ao fracasso historicamente. Ou então fazemos acordos regulares...
Beijos

5:14 pm  
Blogger anamoris atirou uma bola de neve ...

Eu estou de acordo com a Pitucha: o Acordo é completamente irrelevante e maior parte das pessoas vai-se borrifar para ele. Eu por exemplo. A Língua é como um organismo tem uma evolução própria, não precisa de imposições.
O teu texto está muito bom, isso é certo.
Beijinhos

5:37 pm  
Blogger MRP atirou uma bola de neve ...

eu sei que não é bonito nem elegante postar comentários muito longos, mas como neste final de sexta-feira eu ainda estou obrigado a permanecer aqui na repartição, toma lá (além de que a baixaria de terem para aqui chamado a Margarida Rebelo Pinto dá-me autoridade moral para postar o que bem entender e insultar quem me der na real gana):

utilizar o inglês como termo de comparação com a situação do acordo ortográfico para o português é desproporcionado, mais do que não seja pelo facto de ninguém por esse mundo fora assumir que os americanos falam americano, ao contrário dos brasileiros sobre os quais já por diversas vezes tive que explicar que eles não falam brasileiro.

ter um quadro de referencia (e sim, se necessário com revisões regulares) sobre a forma correcta de escrever uma língua parece-me uma ideia acertada e de alguma utilidade; particularmente para as organizações internacionais onde se têm que traduzir textos para Português. mas isto se calhar sou eu que sou um modernaço e já não me lembro muito bem como se fazia quando ainda era com ph, além de não me conseguir reverenciar perante os grandiloquentes argumentos em defesa da língua pátria (com o devido respeito ao F.Pessoa).

o que eu acho é que se está a confundir a validade da existência de um acordo com a qualidade deste acordo em particular. se houve exagero na introdução de ‘brasileirismos’ na grafia é uma questão que nem discuto (porque muito sinceramente nem sei muito bem o que é que é pressuposto mudar) mas aí a culpa vai para os nossos negociadores que pelos vistos não puderam (ou não conseguiram) fazer melhor. mas, para mim, isso não anula as vantagens da existência de um acordo num panorama em que se quer (ou que se deveria querer) reforçar a unidade dos países lusófonos e onde, obviamente, a língua pode ser uma ferramenta valiosíssima.

(juro que usei o corrector do word definido em Português (Portugal). por isso se há aqui alguma coisa que me coloque na categoria dos pobres idiotas para quem é difícil escrever e falar o Português vão chatear o Bill Gates (e não, a sintaxe não vale!)

6:12 pm  
Blogger tulipa atirou uma bola de neve ...

Pétalas de uma linda flor são todos os momentos, pessoas, paixões, sentimentos que iluminam os meus dias!
Agora sou uma TULIPA.

Beijinhos.
Bom fim de semana.

1:40 am  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Anamoris
Se o acordo for aprovado, vamos ter que o respeitar, não é?
Beijos

MRP
Tens razão quanto às pessoas com acrónimos de três letras!
Beijos

Tulipa
Felicidades na tua nova experiência na blogoesfera.
Beijos

10:11 am  
Blogger Madalena atirou uma bola de neve ...

Querida Pitucha, eu acho que vou ter de arranjar um outro acordo também ortográfico para os meus alunos. Ké k axas? lol
xokas

12:04 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Madalena
Axo bué dimportante!
Beijos

11:39 am  
Blogger CAP CRÉUS atirou uma bola de neve ...

Sou contra, contra e mais contra!
Não contem comigo!
Bom Post
Bjos

12:35 pm  
Blogger Carraça atirou uma bola de neve ...

É isso mesmo Pitucha!!
Sem acordos ortográficos!

Bjs

10:37 pm  
Blogger Rafaela atirou uma bola de neve ...

Ao ler este texto, parecia-me ouvi-lo cantado pelo Caetano Veloso...lindo.

11:20 pm  
Blogger av atirou uma bola de neve ...

Fantástico post, Pitucha. Vou levar para o meu Cata-Ventos.
Beijinho e bom fim de semana

3:05 pm  
Blogger Pitucha atirou uma bola de neve ...

Cap créus
Não contaremos.
Beijos

Carraça
Pois.
Beijos

Rafaela
Obrigada pela visita.
Beijos

Ana
Obrigada. Gosto que tenhas gostado.
Beijos

9:38 am  

Post a Comment

<< De volta ao cinzento