Tuesday, May 27, 2008

Conto a conto (9)

A menina descobriu que havia um mundo para lá das palavras. Um mundo que ela podia construir e destruir e reconstruir. Um mundo que ela podia inventar, onde tudo era possível.

Isso descobriu a menina.

E começou a brincar com as letras. A divertir-se com os sons e as rimas. A embalar-se com o ritmo.

De caderno em caderno, de folha em folha.

Por vezes, a menina achava que não valia a pena e rasgava esses desenhos de letras feitos histórias e poemas.

Por vezes, a menina enternecia-se com as letras arredondadas da sua infância, com a seriedade da tinta permanente da sua juventude.

Um dia parou.

A vida continuou e, um dia, a menina julgou que tinha encontrado, de novo, um mundo para lá das palavras: um mundo de cores no meio do cinzento, de sonhos a fugir da realidade, de risos e sorrisos sem peso de coisas sérias.

A menina tornou a acreditar que, nesse mundo, tudo era possível.

Mas não era.

E a menina parou.

6 Flocos de neve

Blogger Mcm atirou uma bola de neve ...

Terminei o blog.
Já nao fazia sentido. Se um dia regressar avisar-te-ei.
Bjs á minha melhor leitora.

11:29 pm  
Blogger Laura Lara atirou uma bola de neve ...

MCM
Dá um pulinho à minha Senda.
Beijinhos

11:12 am  
Blogger Brigida Rocha Brito atirou uma bola de neve ...

Até que um dia, sem pensar em nada, ela aperecebe-se que pode continuar a brincar com as palavras e, ao mesmo tempo, viver tudo a que tem direito :-) Bjs

5:50 pm  
Blogger Catarina em Lx atirou uma bola de neve ...

Desde que não pare de acreditar, a menina pode sempre parar... quando quiser e pelo tempo que quiser...

11:04 pm  
Blogger Madalena atirou uma bola de neve ...

Querida Pitucha, acho que conheço essa menina!!!! Se a vires por aí, diz que lhe mando uma abraço cheio de letras e de cores. Sim?

2:28 pm  
Blogger Ana Paula atirou uma bola de neve ...

Um conto muito bonito, tal como já nos habituaste...

Bj! :)

3:14 am  

Post a Comment

<< De volta ao cinzento