Tuesday, November 25, 2008

Continuo sem tempo

Ainda não tenho tempo para escrever.
Mas tenho pena.
As letras acotovelam-se na mente, prontas a formarem palavras e frases, ansiosas por se contarem.
Retenho-as.
Sinto-me mal porque elas entristecem. Algumas há que desistem. Devagarinho, perdem a nitidez, esbatem-se.
Quando dou conta tenho uma palavra estropiada... A precisar de carinho urgente que não tenho tempo para lhe dar.
Prometo-lhes que volto, peço-lhes para esperarem um pouco, para não me abandonarem e me deixarem perante a folha branca quando quiser regressar.
Torno a prometer quando sinto que se agitam de novo, cansadas da inactividade forçada.
Haverá tempo.
Prometo.

6 Flocos de neve

Blogger Carlota atirou uma bola de neve ...

Ai que mentirooosa! Afinal tiveste tempo.

10:07 am  
Blogger NoKas atirou uma bola de neve ...

:) Carlota: apoiado! Então!!!! Acabaste de o fazer!!!

5:41 pm  
Blogger magnuspetrus atirou uma bola de neve ...

Se bem que a Carlota tenha razão, fico à espera de bem mais...
Até já

8:58 pm  
Blogger Periférico atirou uma bola de neve ...

Sem tempo, mas inspirada!;-)

Beijos

12:18 pm  
Blogger pessoana atirou uma bola de neve ...

Nas alturas sem tempo, o melhor é escrever!:-)
Volta depressa!

2:59 pm  
Blogger calamity jane atirou uma bola de neve ...

Isto exige muito mais de nós do que possa parecer...

12:52 pm  

Post a Comment

<< De volta ao cinzento