Thursday, December 11, 2008

Conto a conto (15)

Tinha uma ideia.
Começou por ser uma curiosidade.
Pequena.
Que desenvolveu por ter tempo a mais.
Hoje é fácil alimentar estas curiosidades, ainda que pequenas, com alguns passos no teclado e uma passagem, que começou por ser breve, no mundo virtual.
Foi indo ao sabor das ligações que o computador lhe foi abrindo e decobriu um nome, depois uma família, depois uma profissão...
Outras curiosidade nasceram e esta ficou adormecida no monte das informações sem utilidade.
Um dia alguém disse algo e a curiosidade acordou e esticou o seu saber.
Ela quis saber ainda mais.
Teclou por aqui e por ali e acabava sempre naquela colecção de factos que já sabia.
Teve então uma ideia.
E imaginou um rosto, pintou-lhe a cor dos olhos, compôs-lhe o penteado, vestiu-lhe uns jeans e uma camisa aos quadrados. Colou-lhe a informação que sabia: era jornalista e chamava-se Martim.
Agora que tinha tudo, que o conhecia, decidiu telefonar-lhe.
Inventou um número de telefone e disse que o tinha descoberto e que queria saber se ele era como ela o tinha criado.
Ele espantou-se. Como soube o meu telefone perguntou e não acreditou na invenção.
Ela insistiu, conheci a sua tia, queria saber mais de si.
Também invenção essa tia, desconfiou ele, que não, que nada, ela tinha-a conhecido, senhora fina, de humor cáustico e pouco paciente para gente burra, aposto que é como ela, disse. Por isso tinha que falar consigo. Sinto saudades da sua tia, sabe!
Mas não há tia alguma, desesperou ele, eu não conheço tia nenhuma.
Eu posso falar-lhe dela, se quiser. Da sua inteligência viva, do seu jeito arrebatado de contar histórias passadas como se fossem agora, das suas opiniões arreigadas, do seu trabalho afincado para manter, enfim, para manter tudo, a casa, a família durante esses tempos conturbados.
Que tempos conturbados? Está a falar de quê? De quem?
Conto-lhe tudo, prometo, assim que inventar um lugar onde nos possamos encontrar.

3 Flocos de neve

Blogger Carlota atirou uma bola de neve ...

Audaciosa, ela!
Xi-♥.

3:21 pm  
Blogger calamity jane atirou uma bola de neve ...

Que giro! Faz-me lembrar uma história que já li, numa antologia de textos de jovens autores premiados (ou numa antologia de textos premiados de jovens autores, qq coisa assim). Sei que foi o q mais gostei, para não dizer o único. Se achares piada posso procurar para te dar a referência...
(Atenção, faz-me lembrar apenas...)

11:07 am  
Blogger Laura Lara atirou uma bola de neve ...

Inventa lá o lugar, depressinha, que eu quero saber o nome da tia...
Beijos e um bom fim-de-semana

12:53 pm  

Post a Comment

<< De volta ao cinzento