Thursday, September 30, 2010

Curiosidade

Foi a curiosidade que me levou a deixar a televisão ligada para ouvir o primeiro-ministro.
Nada mais do que isso.
A mesma curiosidade que me leva a olhar pela janelas iluminadas quando vagueio pelas ruas, que me leva a seguir conversas no café quando espero pela bica.
Nada recordo dos vislumbres das salas iluminadas e das palavras sopradas sem sentido. Meras sensações de momento.
Mas a mensagem de ontem deixou-me preocupada, ainda mais, e desgostada. Mais em linha com um desepero que se pressente.
Procurarei o azul para além do céu cinzento desta cidade cinzenta.