Friday, February 11, 2011

Vida

Acho que uma vez disse que de vez em quando me lembrava do blogue. Não é inteiramente verdade. Lembro-me quase todos os dias quando dou a minha rápida volta matinal pela blogoesfera.

Eu não me lembro é de vir até aqui escrever!

Porque não tenho pachorra para polémicas (ganhou o Cavaco? Podia ter sido pior…), porque gosto do que gosto e ninguém tem nada a ver com isso, porque, assim como assim, não quero saber de futebol e porque, espantem-se, os Deolinda não chegam à Bélgica e eu não faço a mais pálida ideia do que eles cantaram e que tanto furor está a causar pelas praias lusitanas.

Nem só de cinza e chuva me alimento.

Um livro que chega enviado por coração amigo pelo clássico correio, a triste notícia que se instala pela linha de um telefone velhinho, a amiga que se perdeu e cuja saudade se recorda pelo "passa palavra" de alguém que conhece alguém, recordam a vida e a sua linha.

Essa que eu sigo.